Eu posso ter uma nova chance?

“Por isso, te digo que os seus muitos pecados lhe são perdoados...” (Lucas 7: 47)
Muitas vezes você deve ter pensado... Ah se eu pudesse voltar no tempo, com certeza mudaria muita coisa, faria tudo diferente.
O que eu posso dizer a você é que voltar no tempo é impossível, mas a qualquer momento Deus pode te dar uma nova chance, algo novo pra você, algo que pode mudar a sua vida.
Mas isso depende de você ou de Deus?
Deus é Deus, e você é ... Bem, você é um ser humano, e como tal, está sujeito aos erros mais grotescos, agora existem coisas que só Deus pode fazer. Mas o mais importante, é que a benção que Deus tem para nós, pra mim e pra você, pode ser também uma grande maldição, tudo isso por causa do nosso livre arbítrio, depende muito da escolha que você fazer. Vou tentar ser mais claro.
Ele te dá uma nova chance, isso só quem pode fazer é Ele. Certo?
Você aceita, e muda de vida, muda a maneira de enxergar as coisas, isso só quem pode fazer é você. Concorda?
Deus não escolhe o seu caminho, quem escolhe é você mesmo!
“Eis que te proponho a vida e a morte, a benção e a maldição; escolhe, pois, a vida, para que vivas, tu e a tua semente.” (Deuteronômio 30: 19)
Ou seja, você pode fazer o que quiser. Claramente que Deus nos dá um conselho, como vimos no versículo acima, e nos mostra com franqueza qual é o seu plano para nós, como iremos ver abaixo.
“Tão somente esforça-te e tenha bom animo para teres o cuidado de fazer conforme toda lei que meu servo Moisés te ordenou; dela não te desvies, nem para a direita nem para esquerda, para que prudentemente te conduzas por onde quer que andares. Não se aparte da tua boca o livro desta Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer conforme tudo quanto nele está escrito; porque, então, farás prosperar o teu caminho e, então, prudentemente te conduzirás.” (Josué 1: 7-8)
Mas aí, você pode pensar, e muitos pensam...(?), que os escritos do Antigo Testamento não têm mais valor, que as leis eram outras e os costumes também. Só, que Moisés está passando para Josué, (o qual ficara encarregado de conduzir o povo até a terra prometida), são os livros do Pentateuco, os 5 primeiros livros da Bíblia Sagrada, onde já estavam os dez mandamentos, que valem para nós até os dias de hoje.
E mais, muitos foram os ensinamentos deixados por Deus no Antigo Testamento, e que serviram de base para o Novo, a Nova Aliança deixada por Jesus. Bom, mas nós estamos falando de outro tema, a segunda chance. Você escolheu um caminho tortuoso e se perdeu na vida, agora a sua consciência o acusa de várias coisas como: Negligente, insensato, imaturo, covarde, em fim, vamos parar por aqui, porque já deu pra você entender do que estou falando.
Então meu querido e amado irmão, e muito mais amado por Deus ainda, saiba que apesar de ter feito escolhas totalmente equivocadas e ter colecionado uma prateleira de frustrações, não está tudo perdido. Existe algo da parte de Deus que se chama misericórdia, que é liberada por Deus mediante o amor dEle por nós, e também, algo chamado perdão, que é dado por Ele mediante arrependimento.
E mais, ao contrário daquele tempo (de Moisés), agora temos um advogado perante o Pai, Jesus Cristo o Justo. (1 João 1:2) É muito bom né!
Algumas pessoas vão pensar assim: É mais tem gente que não tem uma segunda chance...(?) Olha, a minha opinião, é que todos nós temos uma segunda chance, acontece que muitas pessoas não conseguem enxergar, estão muito ocupadas com outras coisas, como ficar rico, ganhar dinheiro, posição social, em fim, a vontade de ganhar, tira o medo de perder, e infelizmente muitos perdem, ou melhor, se perdem.
Em pouco tempo de Bíblia e estudo da palavra, eu posso dizer que os responsáveis por essas pessoas, são as pessoas que já conhecem a palavra (Essa é minha opinião). Falar do amor de Deus e dar bom testemunho, para alguns está sendo o maior desafio de suas vidas.
Estamos vendo por aí que está difícil amar o próximo, e o amor pela obra de Deus está cada vez mais distantes, para alguns já não é tão importante assim, e nem lembram mais.
Jesus disse a Pedro que quando se convertesse era para fortalecer seus irmãos. (Lucas 22: 32)
E o que temos visto por aí, não é nada disso!
Pessoas olhando pra baixo, para o próprio umbigo, não conseguem ver o que está acontecendo ao seu lado, muito menos o que está a sua frente, o seu alvo que é Jesus. Essa pra mim, é a grande diferença entre essas pessoas, e as quais vou citar agora. Vamos entender um pouco mais da história de Davi, vamos ver porque seu pecado foi terrível diante dos olhos de Deus, mas Deus o perdoou.
Veremos Jonas se acovardando do projeto de Deus, e depois implorando misericórdia, e Deus o livrou.
E Pedro, negando Jesus, e passando por uma crise de identidade, chorando! E Jesus o amou.
Qual foi o ponto em comum entre essas pessoas?
Eles se arrependeram e se humilharam na presença de Deus, essa é a grande verdade. Confessaram seus pecados e pediram uma nova chance ao SENHOR.
“Ide, porém, e aprendei o que significa: Misericórdia quero e não sacrifício. Porque eu não vim chamar os justos, mas sim os pecadores ao arrependimento.” (Mateus 9: 13)
Davi foi escolhido por Deus para ser rei de Israel. Da sua descendência veio Jesus, mas Davi não teve uma vida muito tranqüila, e os seus tormentos veio em função dos seus próprios pecados, adulterou com a esposa de Urias, o seu capitão da guarda e depois o mandou para o fronte de batalha e ordenou que o deixassem morrer. (2 Samuel 11)
A oração de Davi.
Em uma oração no Salmo 51, ele clama a Deus. “Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova em mim um espírito reto”. Vers. 10 (para uma melhor compreensão leia todo o Salmo de Davi).
“Pois tu, Senhor, és bom, e pronto a perdoar, e abundantemente em benignidade para com todos os que invocam.” (Salmo 86: 5) (para uma melhor compreensão leia todo o Salmo de Davi).
Jonas recebeu uma ordem de Deus para que fosse pregar em Nínive, mas devido a sua mágoa para com aquele povo, pois era um povo terrível e inimigo do povo de Deus.
Como ele iria pregar para esse povo?
Foi o que Jonas pensou, e então tomou um rumo totalmente ao contrário, quando estava em “fuga” em um navio, sobreveio uma grande tempestade, e ele foi jogado ao mar, pois os tripulantes corretamente acreditavam que Jonas teria desobedecido a seu Deus. Jonas então foi engolido por uma baleia, e ficou 3 dias e 3 noites na barriga do grande peixe. Foi onde então, clamou a Deus e pediu perdão por sua desobediência.
Quando desfalecia em mim a minha alma, eu me lembrei do SENHOR; e entrou em ti a minha oração, no templo da tua santidade.” (Jonas 2: 7)
Pedro foi avisado por Jesus que o negaria, como podemos dizer na nossa linguagem “dito e feito”. Pedro vendo (de longe) todo tumulto da prisão de Jesus, foi indagado de ele seria seu mestre, e ele então disse que não o conhecia. Pedro viu a grande covardia que havia feito e chorou amargamente.
As três perguntas de Jesus.
Pedro foi pescar e Jesus lhe apareceu na praia (foi a terceira vez que Jesus apareceu aos discípulos depois de ter ressuscitado dos mortos).
Jesus perguntou a Pedro: Simão Pedro, filho de Jonas (não o da baleia), tu me amas?
Foram-lhe três perguntas se Pedro o amava, e Pedro, confirmou seu amor por Jesus. Seriam essas perguntas equivalentes as três vezes que Pedro o havia negado...(?)
Pedro se sentiu perdoado e quase não se conteve de alegria quando Jesus lhe confiou uma grande missão, pastorear o Colégio Apostólico (João 21). Pedro, aquele que Negara Jesus, passou a pregar com autoridade. Ele experimentou o poder de Jesus em sua vida mais uma vez. Serviu o Senhor com vigor renovado.
Pregou e milhares de pessoas foram salvas. Deus usou Pedro para trazer a mensagem de salvação aos gentios (Atos 10). Também escreveu duas cartas pastorais que fazem parte da Bíblia.
“Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que, a seu tempo, vos exalte.” (1 Pedro 5: 6)
Eles tiveram uma segunda chance, e foram amados por Deus, e deram uma grande contribuição para o reino de Deus. Fundamentado nesses trechos da Bíblia, podemos entender um pouco do amor de Deus pelos pecadores, assim, compreendemos melhor a parábola do filho pródigo (Lucas 15: 11), da prostituta (João 8), de Zaqueu (Lucas 19), e de todo o propósito de Jesus para conosco.
Conseqüências do erro.
Davi trouxe para dentro de sua casa, uma maldição, Deus através do profeta Natã, o repreendeu e disse que a espada nunca mais iria apartar de sua casa. (Samuel 12: 10) O filho de Davi com Bate-Seba (Mulher de Urias) nasceu morto.
Dentro de sua casa houve um incesto entre seus filhos, Amnom violentou sua irmã Tamar (Irmã por parte de pai), depois seu outro filho Absalão mata Amnom e foge para Gesur onde fica por três anos. Quando retorna do seu exílio durante, lidera uma rebelião contra Davi seu pai. Davi então foge.
“E subiu Davi pela subida das Oliveiras, subindo e chorando, e com a cabeça coberta; e caminhava com os pés descalços; e todo o povo que ia com ele cobria cada um a sua cabeça, e subiam chorando sem cessar.” (2 Samuel 15: 30)
Em uma batalha com o exército de Davi, Absalão foi morto por Joab, e Davi voltou para Jerusalém, mas, com o coração entristecido e lamentando a morte do filho, chegou a dizer que preferia ter morrido em seu lugar.
Mais tarde, em sua velhice seu outro filho Adonias tentou impor-se e ser rei, mas Salomão seu irmão mais novo o matou. (1 Reis 2: 24-25)
Davi foi um homem segundo o coração de Deus, um bom governante, mas um péssimo chefe de família, o seu pecado trouxe muito sofrimento para e para os seus. Davi foi perdoado por Deus porque se humilhou e reconheceu seus pecados.
Assim como Davi todos aqueles que transgridem as leis de Deus, devem se arrepender e pedir perdão pelos seus pecados, para que o SENHOR possa assisti-lo aqui, e livrá-lo da mão de Satanás.
A história de Jonas é mais curta, mas também não deixa de ser um grande alerta aos covardes, aos fujões a aqueles que não assumem seu papel de mensageiros de Deus. Jonas iria levando a tripulação inteira de um navio para o fundo do mar, simplesmente porque se omitiu.
Agora eu pergunto! Quantos Jonas têm por aí? Levando sua família, seus amigos para o fundo do mar, ou melhor, para o fundo do poço. Com suas finanças destruídas, todo endividado e como se não bastasse, arrastando mais gente com ele.
"Mas as vossas iniqüidades fazem separação entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça." (Isaías 59.2)
Não conseguem ser o que Deus planejou para que fossem. E aí está o resultado, estão separados de Deus pela sua própria prepotência. Não conseguem se humilhar e pedir uma direção a Deus, não conseguem fazer como Jonas. Preferem ficar dentro da barriga do peixe se desfalecendo a cada dia.
"Arrependei-vos, pois, e converteis-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham, assim, os tempos do refrigério pela presença do Senhor.” (Atos 3:19)
Éh! Não é brincadeira não. Servir a Deus verdadeiramente é para quem tem coragem. Não é simplesmente ir para a igreja. É dar bom testemunho, ser forte, e não temer o adversário. E quando errar, reconhecer que está errado e pedir perdão a Deus. Para que nunca se apaga o brilho do Espírito Santo em sua vida, pois você foi é escolhido por Deus.
Você já imaginou alguém tentar tamanha amizade de Cristo, ser amado pelo nosso Senhor, e depois entrar em depressão, ser tomado por uma profunda angustia? Se essa pessoa negou a Cristo três vezes em uma madrugada, é possível sim.
Pedro era um homem que precisava de uma verdadeira conversão, o próprio Jesus dissera isso (Luas 22: 32). Então o que houve após Pedro ter negado Jesus?
A Bíblia diz que Pedro chorou amargamente. Imaginamos agora, um pouco fora do contexto bíblico, que realmente foram dias terríveis para Pedro, toda vez que o galo cantava, ele provavelmente lembrava do que havia feito. Pedro então resolveu voltar à antiga profissão, pescador.
Isso acontece com pessoas que já tiveram uma experiência com Deus, quando se sentem fracassadas, inúteis ou frustradas, resolvem voltar aos seus antigos costumes. Isso é uma estratégia de Satanás.
Nos dias de hoje, muitos se escondem, ou melhor, tentam se esconder de Deus, e outros que não estão totalmente libertos voltam para as drogas, para as bebidas, prostituição, em fim, voltam a ter uma vida promíscua.
Conclusão: Você pode pensar... Mas será que eu posso ter uma segunda chance?
Tudo indica que sim, as Escrituras dizem isso, esse é o grande propósito de Jesus, te renovar. Devemos desejar isso constantemente, a Bíblia diz que não devemos cessar nossas orações de maneira alguma. Não podemos desistir, não podemos ficar esperando algo de Deus, sem primeiro buscarmos a presença dEle.
Temos que fazer como esses homens do qual falamos agora, pois, a nossa segunda chance está nas mãos do SENHOR. Não faça como Faraó, que somente reconheceu o poder de Deus quando o Anjo do SENHOR feriu todos seus primogênitos (Leia Êxodo 12: 29)
Não, não podemos clamar a Deus, somente quando choramos a perda de alguém, ou quando estamos passando pelo deserto, pelo vale da sombra da morte. Jesus está aí pertinho de você, está querendo ser o seu salvador.
Eu posso ouvir a voz dEle dizendo bem baixinho pra você.
Tu me amas?
Que a paz do nosso Senhor e salvador Jesus Cristo habite em seu coração.

Ed Cláudio M. Cruz

1 comentários:

Melissa Nunes disse...

Foi exatamente o que ouvi no culto hoje em minha igreja. Precisamos ser ousados na fé e viver o nosso chamado independente das circunstâncias. O melhor de Deus há de vir

Postar um comentário

As mais lidas

Notícias Gospel

Gospel+

Por Gospel+ - Gospel+ Noticias

Widget gerado por Gospel Prime